Você está aqui

Dúvidas sobre dados climáticos? O Climate Watch tem as respostas

Os países que neste momento estão em Bonn (Alemanha) para a COP 23 confrontam uma série de questões que giram em torno de uma pergunta essencial: como reduzir as emissões de gases do efeito estufa (GEE) agora – e rapidamente – para minimizar os impactos mais severos das mudanças climáticas?

Para ajudar a responder essa entre outras perguntas, o WRI, junto a parceiros, lançou uma nova ferramenta de visualização de dados climáticos: o Climate Watch. A plataforma é pioneira em reunir diversos conjuntos de dados em um espaço online que permite:

 

 

Entenda como as diferentes funcionalidades do Climate Watch podem ajudar a responder perguntas importantes sobre ação climática e desenvolvimento sustentável.

1) Como as emissões globais mudaram ao longo do tempo?

Histórico de emissões de gases do efeito estufa (Fonte: Climate Watch)

Desde a década de 1850, quando a revolução industrial ganhava força, as emissões globais passaram de menos de uma gigatonelada (865 megatoneladas ou 860 bilhões de quilos) para 46,6 gigatoneladas em 2015: o equivalente a 1,6 milhão de quilos emitidos a cada segundo. Ainda que as emissões globais tenham começado a estabilizar nos últimos três anos e alguns dos maiores emissores tenham conseguido reduzir seus índices, o tempo não está ao nosso lado. Para impedir que o aumento da temperatura do planeta ultrapasse os 2°C, a redução de emissões é uma urgência. Todos os países devem fazer sua parte para que possamos evitar os piores efeitos das mudanças climáticas. O Climate Watch facilita a visualização e a análise os dados mais recentes de emissões, como mudaram ao longo do tempo e quais áreas da economia exigem as ações mais incisivas.

2) O que cada país está fazendo para mitigar as mudanças climáticas?

Pesquisa sobre as NDCs de cada país (Fonte: Climate Watch)

A confiança entre os setores público e privado e entre diferentes países – assegurando transparência e informações acessíveis sobre as metas estabelecidas – é essencial para que tenhamos ações climáticas ambiciosas. O Climate Watch oferece um mecanismo de pesquisa simples sobre as Contribuições Nacionalmente Determinadas (NDCs), o que permite conhecer as metas e planos de cada país e identificar possíveis áreas de investimento.

É possível, por exemplo, saber o que cada país está fazendo em mitigação, adaptação e financiamento ou verificar quais setores econômicos são o foco de ação de cada um para reduzir emissões. Com isso, a plataforma identificou cerca de 400 focos de ação e descobriu que aproximadamente três quartos – ou 75% – dos planos climáticos nacionais incluem medidas de adaptação.

3) Como os países podem unir metas climáticas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável?

Pesquisa por país (Fonte: Climate Watch)

Ação climática e desenvolvimento sustentável são dois lados da mesma moeda. Por isso, alinhar as metas climáticas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável é crucial para descarbonizar as economias e fortalecer a resiliência de uma forma que ninguém fique para trás.

O Climate Watch identifica os pontos de relação entre as NDCs e os ODS traçados para 2030 e, com isso, mostra que as metas presentes nas NDCs estão alinhadas com 154 dos 169 focos de ação dos ODS. Os setores de energia, florestas, uso do solo e agricultura são os que apresentam mais conexões entre as metas. É a primeira vez que uma ferramenta online mapeia as metas climáticas e de desenvolvimento sustentável de forma integrada, oferecendo, assim, um recurso tanto para compreender quanto para maximizar as sinergias entre essas duas agendas.

O México, por exemplo, pode cumprir o ODS 2 – acabar com a fome e alcançar a segurança alimentar – melhorando a gestão das bacias hidrográficas e a conservação da terra para garantir a segurança alimentar e acesso à água potável. Esses são desafios inter-relacionados, e os dados do Climate Watch podem ajudar países como o México a utilizarem essa abordagem integrada para cumprir suas metas.

4) O que os países podem fazer para atingir suas metas climáticas?

Cenários de emissões (Fonte: Climate Watch)

A seção cenários de emissões – funcionalidade do Climate Watch que estará disponível na segunda quinzena de novembro – mostra o que mais de 60 países e regiões podem fazer em termos de políticas econômicas e de energia mais ambiciosas para reduzir as emissões e amenizar o aquecimento global.

Além de informações sobre cada país, os usuários do Climate Watch podem explorar como as temperaturas podem variar de acordo com diferentes trajetórias para as emissões. O Modelo de Avaliação de Mudanças Globais, por exemplo, revela que, se os atuais compromissos do Acordo de Paris forem cumpridos, podem limitar o aquecimento global a 2,8°C.

O ponto de partida

Com ferramentas analíticas e acesso a dados climáticos atualizados, o Climate Watch é um instrumento poderoso para enfrentar o desafio climático. A plataforma seguirá sendo atualizada, incorporando novas ferramentas, novos dados e novas informações sobre as legislações e políticas nacionais, como preços de carbono, financiamento climático e medidas de adaptação, entre outros.

Conheça o Climate Watch e outras perguntas que a ferramenta pode responder: www.climatewatchdata.org


Escrito por Johannes Friedrich e Andrew Pickens e publicado originalmente no WRI Insights.

Comentar

Fique Conectado

Receba nossa newsletter

Receba os últimos comentários, eventos, publicações e recursos multimídia.