Você está aqui

Como encontrar a chave para o crescimento rápido e de baixo-carbono?

Esse artigo foi postado originalmente em WRI.org.


Quando se trata de combater as mudanças climáticas, nem governos nem empresas podem agir sozinhos. Para existir alguma chance de limitar o aquecimento global a 1,5°C, precisamos de ações climáticas corajosas tanto de líderes empresariais como de governos, que quais podem impulsionar um ao outro em direção a uma economia mais próspera e livre de carbono.

Cada ação tomada por empresas para enfrentar as mudanças climáticas pode aumentar a confiança dos governos e os estimular a adotar políticas mais severas para ajudar as companhias a alcançar suas metas climáticas mais rapidamente. Por sua vez, novas metas ambiciosas e regulamentações para reduzir emissões dão às empresas mais clareza e confiança para investir em um futuro de zero carbono. Combinar esses dois esforços produz um ciclo de ambição.

Corporações já estão criando elementos para os ciclos de ambição ao perseguir metas científicas de redução de emissões, se comprometendo a ter 100% de energia renovável, melhorando a eficiência energética, se comprometendo a acabar com o desmatamento e fazendo a transição para veículos zero carbono. Ao mesmo tempo, quase todos os países encaminharam algum tipo de plano climático nacional, ainda que precisem ser reforçados até 2020. Países que proporcionam às empresas a clareza que elas precisam para investir em soluções climáticas, por sua vez, impulsionarão mais rapidamente seus objetivos de desenvolvimento e crescimento sustentáveis.

Esse ciclo de respostas positivas que acelera e reforça as políticas governamentais e a liderança do setor privado já está ajudando a levar a ação climática a um próximo patamar em muitos lugares. O Ambition Loop (Ciclo de Ambição), um novo relatório do Pacto Global das Nações Unidas, We Mean Business e WRI, apresenta exemplos específicos em que fortes medidas políticas nacionais baseadas na liderança empresarial estão estimulando investimentos adicionais e ação climática. Onde as políticas são claras e fortes, as empresas estão se esforçando para fazer mais e o ritmo da mudança está se acelerando. Esses exemplos podem guiar os esforços dos formuladores de políticas para atingir suas metas de desenvolvimento econômico e redução de emissões mais rapidamente.

A melhor maneira de entender ciclos de ambição é vê-los acontecer.

A China é responsável por metade das vendas globais de veículos elétricos atualmente. Em 2017, o país anunciou suas intenção de vender 5 milhões de veículos elétricos até 2020. Em alguns dias, a Ford e a General Motors anunciaram suas próprias metas para aumentar as vendas de veículos elétricos. Quando os maiores mercados do mundo exigem vendas de veículos elétricos, as montadoras prestam atenção. A China quase dobrou a produção e as vendas de veículos movidos a combustíveis alternativos nos primeiros sete meses de 2018, em comparação com o mesmo período de 2017.

Em 2014, a Índia estabeleceu uma meta arrojada para desenvolver 100 gigawatts de capacidade solar até 2022. Em apoio a essa meta, o Estado de Karnataka estabeleceu sua própria meta para desenvolver 2 gigawatts de geração solar adicional até 2021. No entanto, certos encargos da geração solar fizeram com que os preços da energia solar variassem muito, tornando-a menos competitiva e menos atraente para as empresas do que a eletricidade produzida a partir de combustíveis fósseis.

<p>energia solar</p>

Paineis de energia solar (Foto: Jeda Villa Bali Solar/Flickr)

O Green Power Market Development Group, uma coalizão de empresas indianas e internacionais que trabalha na aquisição de eletricidade renovável, pediu aos reguladores que fornecessem clareza sobre o cronograma de isenção de tarifas para projetos de energia solar em Karnataka. As garantias de longo prazo, segundo eles, permitiriam que os projetos de energia solar atraíssem investimentos e decolassem a preços competitivos. Respondendo a preocupações comerciais, a Comissão Reguladora de Eletricidade de Karnataka criou um cronograma claro de 10 anos para isenções de tarifas.

Uma vez que as empresas tiveram clareza e confiança sobre os níveis de preço que enfrentariam, as compras corporativas de energia solar cresceram rapidamente em Karnataka, saltando de zero megawatts de capacidade solar adicional para mais de mil nos quatro anos seguintes. Isso fez de Karnataka o estado com mais projetos de energia solar de acesso aberto da Índia.

Ações empresariais corajosas também estimulam os governos a oferecer políticas mais ambiciosas. Mais de 70 empresas européias aderiram à iniciativa RE100, comprometendo-se a eletrificar seus negócios com 100% de eletricidade renovável. Esse influente grupo inclui grandes empresas europeias como a Nestlé, Danone, IKEA, Unilever e BMW. Só o IKEA Group informou que investiu € 1,7 bilhões em energia eólica e solar. Antes das decisões sobre a futura política energética da União Europeia, vozes progressistas exigiam o aumento das metas de energia renovável para 2030 e maior facilidade de acesso para as empresas comprarem eletricidade renovável.

Impulsionada pelo apoio dos negócios, em meados de 2018 a União Europeia ampliou sua meta de energia renovável até 2030 para 32% da proposta anterior de 27% e emitiu uma cláusula exigindo que seus Estados membros removessem barreiras administrativas aos contratos corporativos de compra de energia. Essa meta fortalecida e a política de acompanhamento, por sua vez, ajudarão a acelerar o acesso corporativo aos mercados de eletricidade renovável, completando uma volta completa no ciclo da ambição e gerando um novo circuito de expansão do investimento empresarial para apoiar o fortalecimento das políticas governamentais.

Esses são apenas alguns exemplos de esforços climáticos que crescem à medida que empresas e governos alimentam uns aos outros para intensificar seus esforços. O relatório The Ambition Loop destaca outros estudos de caso convincentes, incluindo:

  • Como Noruega e Califórnia se tornaram líderes globais em vendas de veículos elétricos por meio de fortes mandatos e incentivos;
  • Como a transparência no financiamento gerou a rápida expansão de uma frota de ônibus elétricos na China;
  • Como novas parcerias para a transparência nas cadeias de fornecimento de cacau em Gana e na Costa do Marfim estão reduzindo o desmatamento e aumentando a produção de cacau.

Clareza e confiança dão impulso à ambição. As políticas do governo que apresentam clareza e criam confiança são fundamentais para impulsionar ações em todo o setor privado e fornecer os incentivos corretos para levar todas as empresas a um futuro com zero carbono.

Os líderes de governo podem usar os exemplos do documento The Ambition Loop para guiar suas políticas climáticas domésticas, fortalecer seus compromissos climáticos nacionais e desenvolver estratégias climáticas de longo prazo – todas elas essenciais para orientar o investimento do setor privado. Temos todo o estímulo para superar as consequências mais prejudiciais das mudanças climáticas e aproveitar as vantagens dos US$ 26 trilhões de oportunidades que uma ação climática ousada pode oferecer até 2030. Nunca foi tão importante aproveitar o poder dos ciclos de ambição.

ShareThis Button: 

Share

Fique Conectado

Receba Nossa Newsletter

Receba os últimos comentários, eventos, publicações e recursos multimídia.