Você está aqui

Segurança Viária em Sistemas Prioritários para Ônibus

Diretrizes para integrar segurança viária ao planejamento, projeto e operação de sistemas BRT, corredores e faixas de ônibus

Mais de 1,25 milhão de pessoas morrem em acidentes de trânsito em todo o mundo anualmente, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). A maioria dessas mortes ocorre em países de baixa e média renda com altas taxas de motorização. É provável que essa situação piore com a ausência de intervenções políticas, e os acidentes de trânsito podem se tornar a quinta principal causa de mortes em todo o mundo até 2030. Em resposta a essa tendência inaceitável, a Organização das Nações Unidas (ONU) declarou o período entre 2011 e 2020 como a Década de Ação para a Segurança no Trânsito. O WRI Brasil e o Banco Mundial têm se comprometido em promover as metas da Década de Ação e ajudar a atingir seu ambicioso objetivo de reduzir as mortes no trânsito pela metade até 2020.

Este relatório foi possível graças ao financiamento da Bloomberg Philanthropies.

Key Findings

Sobre o Relatório

Um dos principais desafios associados à rápida urbanização global é como garantir a segurança no trânsito nas ruas da cidade. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 1,2 milhão de pessoas morre em estradas a cada ano, e acidentes de trânsito podem ser a quinta causa principal de morte até 2030 caso nada seja feito. A expansão de sistemas BRT (Bus Rapid Transit) e outros sistemas que priorizam o transporte em ônibus no mundo - que atendem a mais de 31 milhões de pessoas por dia em 189 cidades - é uma oportunidade para reverter essa tendência.

Novas evidências do relatório do World Resources Institute (WRI) Segurança Viária em Sistemas Prioritários para Ônibus mostram claramente que sistemas de transporte público de alta qualidade podem melhorar a segurança no trânsito em 50% em cidades como Ahmedabad, na Índia, e Guadalajara, no México.

Continue lendo

Fique Conectado

Receba Nossa Newsletter

Receba os últimos comentários, eventos, publicações e recursos multimídia.