Você está aqui

Conexão Mantiqueira: ciclo de debates sobre restauração

Série de webinars propõe debates entre setores público, privado e Academia sobre as oportunidades para a restauração na região da Mantiqueira

Datas: Toda terceira quinta-feira do mês
Horário: 10h
Transmissão: Canal do Youtube do Conservador da Mantiqueira

Os mais de 400 municípios da região da Serra da Mantiqueira em Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro estão se tornando um importante polo de conservação e restauração de florestas no Brasil a partir do Plano Conservador da Mantiqueira. O projeto busca espalhar as conquistas e aprendizados do Conservador das Águas de Extrema (MG), uma das mais inovadoras ações de Pagamento por Serviços Ambientais do país.

Para facilitar a transmissão de conhecimento e informações, o Conservador da Mantiqueira propõe um ciclo de debates mensal, trazendo conteúdo de qualidade para quem tem o desafio de criar e implementar políticas públicas voltadas ao meio ambiente.

Mensalmente apresentaremos temas relacionados à gestão ambiental, sempre trazendo um especialista e um representante de município que vai nos contar sobre seus desafios. Participe e venha saber mais sobre restauração, conservação e instrumentos para tornar o meio rural de nossos municípios mais sustentáveis e prósperos.

Apresentação de Luciana Alves e Leonardo Ivo.

Acompanhe abaixo os temas e datas dos próximos webinars:

16 de setembro

Restauração Florestal e Produção de Alimentos

Já é amplamente conhecido o papel da restauração florestal na agenda de mudanças climáticas, aumentando estoques de carbono e recuperando serviços ecossistêmicos e a biodiversidade. Mas a restauração pode ir além: associada a práticas agrícolas e inserindo espécies com diferentes potenciais de uso é possível produzir alimentos restaurando a paisagem e as florestas. Sistemas Agroflorestais e outros arranjos que combinam espécies nativas florestais com espécies agrícolas geram também segurança alimentar, autonomia das famílias rurais, inclusão e diversidade ecológica e social. Como integrar florestas e produção de alimentos na restauração? Participe desse debate!

Debatedores:

  • Patricia Vaz – Sitio Diversitah
  • Antonio Devide – Rede Agroflorestal Vale do Paraíba
  • Bruno Vidal de Almeida – Secretário de Agricultura de Itajubá

Acompanhe abaixo os debates já realizados:

19 de agosto
Como as tecnologias geoespaciais podem apoiar a restauração de paisagens e florestas
Veja o debate na íntegra.

O uso da tecnologia geoespacial, como as imagens de satélites, nos permite ter cada vez mais informações sobre o uso do solo no país. Esses dados ajudam na tomada de decisões estratégicas em propriedades rurais e na escala da paisagem. O desafio é fazer essas informações chegarem àqueles que mais precisam, como produtores rurais e tomadores de decisão. Como fazer a ponte entre os satélites e campo para acelerar e dar escala à restauração?

Debatedores

  • Marcos Rosa (MapBiomas)
  • Edson Santiami (TNC)


15 de julho
Como os municípios podem se beneficiar do carbono para dar escala na restauração
Veja o debate na íntegra.

Conservar e restaurar florestas e paisagens é uma das formas mais eficientes de capturar o excesso de carbono da atmosfera, ajudando a limitar os efeitos das mudanças climáticas. Com o avanço do Acordo de Paris e das negociações internacionais sobre Clima, podem surgir novas oportunidades de financiamento para quem conserva e restaura na ponta. Como os municípios da região da Mantiqueira podem aproveitar mecanismos como Créditos e Mercados de Carbono e Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) para impulsionar suas ações de restauração?

Debatedores

  • Berta Pinheiro (WRI Brasil)
  • Paulo Henrique Pereira (Gestor Ambiental de Extrema-MG)


17 de junho
Pagamentos por Serviços Ambientais: como produtores e municípios podem se beneficiar?
Veja o debate na íntegra.

O Brasil aprovou no final do ano passado uma Política Nacional de Pagamentos por Serviços Ambientais (PSA). O PSA é um instrumento que oferece um incentivo financeiro para produtores e produtoras rurais que conservam ou restauram florestas. A região da Mantiqueira teve, no município de Extrema-MG, a primeira experiência brasileira de projeto de restauração florestal utilizando um mecanismo de PSA e a partir da sua experiência, diversos outros municípios têm criado estratégias para estabelecer mecanismos financeiros para seus programas de PSA. Como a Política Nacional pode apoiar as iniciativas locais de PSA? Como expandir essa política para mais municípios? Acompanhe neste debate!

Debatedores

  • Rubens Benini (TNC)
  • Farley Soares Braz (Analista ambiental da prefeitura municipal de Pouso Alegre - MG)

20 de maio
Como os planos para a Mata Atlântica podem apoiar os municípios da Mantiqueira
Veja o debate na íntegra.

Os Planos Municipais da Mata Atlântica são ferramentas importantes para que as cidades definam suas áreas prioritárias de produção agropecuária, conservação e restauração. Elas fazem a conexão do território com uma série de agendas e políticas públicas, como a política econômica, agrícola ou de saneamento. Venha participar de debate sobre esse instrumento fundamental para apoiar o desenvolvimento sustentável dos municípios, entendendo quais são os passos para a implementação do plano no contexto da região da Serra da Mantiqueira.

Debatedores

  • Mario Mantovani (SOS Mata Atlântica)
  • Joelma de Pádua (Secretária de Agricultura e Meio Ambiente de Delfim Moreira - MG)


15 de abril
Regulamentação do PRA em Minas Gerais - Aspectos Gerais e Perspectivas
Veja o debate na íntegra.

O Programa de Regularização Ambiental (PRA) de Minas Gerais foi regulamentado em janeiro de 2021. Essa regulamentação traz compromissos com a recuperação de passivos ambientais nas propriedades rurais, mas também gera grande oportunidade para projetos e programas que podem potencializar processos de restauração florestal. Quais os próximos passos nesse processo e como municípios e organizações locais podem se envolver nessa agenda? Quais as oportunidades para impulsionar a regularização ambiental nos municípios?

Debatedores:

  • Thiago Gelape (IEF)
  • Priscila Magne Bueno (Secretária de Meio Ambiente de Santa Rita de Caldas)


Realização:

Logos das organizações

Share

Fique Conectado

Receba nossa newsletter

Receba os últimos comentários, eventos, publicações e recursos multimídia.