You are here

Transformações que vão moldar o futuro das cidades

As cidades hoje abrigam mais de metade da população mundial e geram 70% do PIB do planeta. Ao mesmo tempo, são responsáveis por 70% das emissões de gases de efeito estufa relacionadas ao setor de energia e por 60% do consumo de energia. Promover uma transformação nas cidades é promover uma transformação nos rumos do próprio planeta.

Quatro megatendências impactarão as cidades nas próximas décadas: alterações demográficas, a revolução tecnológica, a pressão pela descarbonização e o crescimento do risco climático. Até 2050, 2,5 bilhões de pessoas devem se somar à população que já vive em áreas urbanas. Esse crescimento deve vir acompanhado por uma redução da renda média per capita. Veremos a consolidação de megametrópoles – vastas extensões urbanas que, diante do crescimento, estarão cada vez mais conectadas e mescladas umas às outras. Nesse novo cenário, alguns avanços tecnológicos afetarão não só a vida como a governança nas cidades: a automação, a internet das coisas, a mobilidade elétrica e o 5G. Sistemas de energia também serão distintos na cidade do futuro, frente a alterações na geração, na distribuição e no armazenamento da eletricidade.

Mudanças como essas, aliadas ao aumento da população urbana, tornam ainda mais urgente o combate às mudanças climáticas. A elevação dos mares e das marés deve impactar 1 trilhão de dólares em investimentos públicos e em propriedades privadas no planeta. Os riscos climáticos – com impactos já perceptíveis em várias partes do mundo – não podem mais ser ignorados. Para evitar uma provável catástrofe climática global, as cidades precisam se tornar neutras em carbono até 2050.

E precisam começar a agir agora.

Para isso, têm pela frente três grandes desafios a enfrentar ao mesmo tempo: criar novos empregos, reduzir as emissões de carbono e melhorar a qualidade de vida para todos. Desafios como esses requerem soluções multidisciplinares e integradas que contemplam, entre outras, as inovações propostas pelo setor privado, a identificação de fontes de financiamento, a capacitação técnica, o melhor uso de uma infinidade de dados, o engajamento político e a construção de coalizões. São exemplos desse tipo de solução:

  • a mobilidade integrada para todos, facilitando o acesso das pessoas ao trabalho e às oportunidades;

  • a eletrificação da mobilidade, reduzindo as emissões de carbono e melhorando a qualidade do ar;

  • edificações carbono-zero e a geração distribuída de energia, transformando os prédios de consumidores em fontes de energia limpa;

  • as ruas completas, proporcionando ambientes viários mais seguros e melhorando a vida de comunidades;

  • os planos de desenvolvimento metropolitano voltados para o crescimento com baixo carbono;

  • e a resiliência urbana e o gerenciamento da água, mitigando o risco e tornando comunidades mais resilientes às mudanças climáticas.

Em todo o mundo, áreas urbanas apresentam vulnerabilidades e requerem ações para garantir o futuro das próximas gerações. O WRI Brasil atua para auxiliar as cidades a cumprirem os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU e a Agenda Urbana da Habitat III. Reduzir os congestionamentos, conter o espraiamento urbano e promover a eficiência energética são os focos de trabalho do WRI nas cidades brasileiras. Entendemos que o enfrentamento desses problemas passa pela promoção de verdadeiras transformações urbanas. Com visão e atenção às oportunidades, as cidades podem promover as transformações que abrirão as portas de um futuro mais sustentável. Para que transformações aconteçam e perdurem, são necessários: liderança, equipes preparadas, confiança dos atores envolvidos, continuidade no trabalho, reconhecimento público, além de políticas públicas robustas e sustentáveis.

Nos próximos 40 anos, construiremos mais infraestrutura que nos últimos 4 mil anos – 75% da infraestrutura que existirá nas cidades em 2050 ainda não foi construída. O futuro reserva mudanças profundas na maneira como vivemos nas cidades. Precisamos estar preparados. Temos agora a grande oportunidade de transformar nossas cidades, desafiando as percepções, valores e paradigmas vigentes. Almejamos cidades mais prósperas e capazes de oferecer qualidade de vida para todos sem comprometer o meio ambiente.

 

O conteúdo deste artigo foi foco de debate no evento Transformações Urbanas, realizado em São Paulo pelo WRI Brasil em parceria com a Frente Nacional de Prefeitos para debater soluções transformadoras para o futuro das cidades.

 

ShareThis Button: 

Share

Stay Connected

SIGN UP FOR OUR NEWSLETTER

Get our latest commentary, upcoming events, publications, maps, and data.