Você está aqui

ONU declara a Década sobre Restauração de Ecossistemas

A restauração florestal ganhou um reforço institucional importante: a Assembleia Geral das Nações Unidas declarou a Década da ONU sobre Restauração de Ecossistemas de 2021 a 2030. Ao reconhecer a importância da atividade para combater a crise climática global e melhorar a segurança alimentar, o fornecimento de água e a biodiversidade, a organização estimula lideranças políticas, do setor privado e da sociedade civil a reforçarem suas atenções aos dois bilhões de hectares de áreas degradadas com potencial de restauração no mundo.

O objetivo do anúncio é dar corpo às metas existentes, como o Desafio de Bonn, por exemplo, que busca restaurar 350 milhões de hectares de ecossistemas degradados até 2030. Atualmente, segundo a ONU, 57 países, governos subnacionais e organizações privadas já se comprometeram a executar 170 milhões de hectares de restauração. A meta global, se cumprida, pode gerar US$ 9 trilhões em serviços ambientais e retirar de 13 a 26 bilhões de toneladas de gases do efeito estufa da atmosfera.

O Brasil tem como meta recompor e reflorestar 12 milhões de hectares de florestas e restaurar 15 milhões de hectares de pastagens degradadas com ampliação de cinco milhões de hectares de sistemas de integração de lavoura, pecuária e floresta. O país também é membro da Iniciativa 20x20, que quer promover a restauração de 20 milhões de hectares até 2020.

A década da restauração se junta a outras já declaradas, para desafios como desertificação, biodiversidade, ciência dos oceanos, entre outras. O Brasil teve uma relação mais próxima com a Década de Ação pela Segurança Viária (2011 – 2020), que contou com a Declaração de Brasília, assinada em 2015, quando a capital federal sediou a Segunda Conferência Global de Alto Nível sobre Segurança no Trânsito. Mais tarde, o país lançou o Plano Nacional de Redução de Mortes no Trânsito.

O texto da resolução aprovado pela Assembleia Geral da ONU deixa claro que a declaração da Década sobre Restauração de Ecossistemas é um reforço a outras metas existentes, como os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, as relacionadas à biodiversidade (Metas de Biodiversidade de Aichi, Convenção de Ramsar, por exemplo), além das específicas de restauração já citadas.

O Brasil tem o potencial de ser um líder global da iniciativa, afinal somos um país de florestas. Quer entender o que é restauração florestal e por que restaurar? Leia o nosso beabá da restauração florestal.

ShareThis Button: 

Share

Comentar

Fique Conectado

Receba nossa newsletter

Receba os últimos comentários, eventos, publicações e recursos multimídia.