Você está aqui

WEBINAR: Como (re)construir um transporte coletivo melhor?

Secretários de mobilidade urbana de cidades brasileiras e especialistas em transporte vão discutir os desafios para o transporte coletivo gerados pela pandemia e como desenhar um futuro melhor para a mobilidade urbana no país.

As cidades estão na linha de frente do enfrentamento da pandemia de Covid-19 e o transporte coletivo urbano emerge como um dos grandes desafios para os gestores urbanos. Se no Brasil a queda de passageiros já vinha se acentuando antes da pandemia, agora estamos diante de uma situação dramática frente à interrupção de muitas atividades.

O WRI Brasil atua na promoção da qualidade do transporte coletivo através do Programa QualiÔnibus, que conta com um Grupo de Benchmarking formado por 16 participantes entre líderes de cidades e empresas operadoras para avançar na melhoria dos sistemas com foco no cliente.

Diante dos enormes desafios da crise atual, o Grupo decidiu realizar uma roda de conversa virtual aberta ao público, para que mais cidades pudessem compartilhar das experiências e buscar soluções para problemas comuns. O debate incluiu as lições aprendidas até o momento com a pandemia, os caminhos para financiar o transporte coletivo diante do cenário e quais ações podem ser tomadas agora para desenhar um futuro melhor para a mobilidade urbana.



Confira o vídeo do evento:



Confira a apresentação do WRI Brasil no evento:

Participantes

  • Benjamin Kennedy, presidente da Companhia Metropolitana de Transporte Coletivo de Goiânia
  • Luiz Alberto Saboia, secretário executivo da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos de Fortaleza
  • Richele Cabral, diretora de mobilidade urbana da Fetranspor (RJ)
  • Rodrigo Tortoriello, secretário extraordinário de mobilidade urbana de Porto Alegre

Moderação: Cristina Albuquerque, gerente de mobilidade urbana do WRI Brasil



Após um intervalo de 15 minutos, o webinar prosseguiu com a apresentação do novo modelo de concessão do transporte público de São José dos Campos. A cidade paulista buscou incluir inovações e tecnologias como o transporte coletivo sob demanda, por exemplo, para projetar uma mobilidade mais eficiente e sustentável.

Participantes

  • Paulo Guimarães, secretário de mobilidade urbana de São José dos Campos
  • Ciro Biderman, professor da Fundação Getúlio Vargas
Cidades

Share

Fique Conectado

Receba nossa newsletter

Receba os últimos comentários, eventos, publicações e recursos multimídia.